14 de setembro de 2015

Perda de tempo? Talvez sim.. Talvez não... #21

Hey hey!
Quando fiz esta publicação muita gente se mostrou interessada no livro A Rapariga No Comboio, de Paula Hawkins. Por isso, decidi não fazer publicação apenas no 15 Minutos Para as Duas e partilhar também aqui a minha opinião sobre o livro. Assim não vos falo apenas de séries!! hahahah

Vamos então passar o livro e à minha opinião sobre o mesmo.
Ah! A publicação não tem spoilers :)

"Todos os dias, Rachel apanha o comboio... No caminho para o trabalho, ela observa sempre as mesmas casas durante a sua viagem. Numa das casas ela observa sempre o mesmo casal, ao qual ela atribui nomes e vidas imaginárias. Aos olhos de Rachel, o casal tem uma vida perfeita, quase igual à que ela perdeu recentemente.
Até que um dia... 
Rachel assiste a algo errado com o casal... É uma imagem rápida, mas suficiente para a deixar perturbada. 
Não querendo guardar segredo do que viu, Rachel fala com a polícia. A partir daqui, ela torna-se parte integrante de uma sucessão vertiginosa de acontecimentos, afetando as vidas de todos os envolvidos."

Infelizmente comecei a ler o livro com uma suave ressaca literária. Ou seja, não devorei o livro e não me senti totalmente presa a ele, muitas pessoas consideram-no super viciante.
Fiquei absolutamente fascinada com a escrita da autora, é poderosa, fria e deixa-nos bastante vidrados no que se passa. As primeiras descrições feitas pela Rachel obrigaram-me a fazer o filme na minha cabeça. A escrita é poderosa a esse ponto, eu criei cada cena que li no livro, tenho a minha própria linha do comboio, as casas estão detalhadamente desenhadas, até a rua entre a casa da Megan à casa da Anna. Fiquei mesmo apaixonada pela escrita da senhora!
Relativamente à história, eu gostei. Adoro crimes e suspense, coisa que não faltou desde as primeiras às últimas páginas. A história está bem construída e vai dando voltas curiosas, leva-nos a pensar de tudo. Durante o livro nunca defini um assassino, não achava que nenhum deles encaixava bem. Passei imenso tempo a desejar que o assassino fosse a pessoa que menos se esperava, mas nunca me fiei nessa teoria porque não sabia como é que a história iria rumar nessa direção. Surpresa das surpresas: o assassino era essa pessoa e a história deu assim uma grande volta.
A parte que menos gostei? O fim. Sim, foi trágico, mas esperava mais. Queria mais sangue, mais rancor e mais acção. Acho que foi um fim "bonito" para o livro que era.

Se gostam de suspense, crime e de surpresas aconselho mesmo muito este livro!
Vocês já leram? Qual é a vossa opinião? Sem dúvida que é um assunto que gostava de debater com vocês :)

Beijinhos nas bochechas*

2 comentários:

  1. Gostei do livro mas lá para o meio ficas a saber quem matou a gaja xD

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião e ideias, prometo tentar compreender!